Blog

Do RH às vendas: conheça os principais indicadores de uma empresa

Atualmente, em meio a um mercado cada vez mais competitivo, é crucial monitorar os principais indicadores de uma empresa. Ao fazer isso, é possível tomar decisões estratégicas de maneira mais ágil e assertiva, potencializando as chances de crescimento.

Para ficar mais claro, esses indicadores funcionam como termômetros, definindo o grau de resultados que determinada atividade está gerando para a companhia. Eles podem estar ligados às diversas áreas da empresa, como RH ou vendas.

Pensando nisso criamos um conteúdo especialmente para você. Hoje vamos falar sobre os principais indicadores de uma empresa e como você pode utilizá-los. Continue lendo e fique por dentro do assunto. Boa leitura!

1. Net Promoter Score (NPS)

Esse é um dos indicadores mais utilizados em todo o mundo. Seu objetivo é identificar o nível de satisfação e lealdade dos clientes de uma empresa. Diferentemente das pesquisas tradicionais de satisfação, o seu uso é muito mais simples, eficiente e flexível.

Para calcular o NPS da sua empresa, basta fazer uma pergunta aos seus clientes:

Em uma escala de 0 a 10, quanto indicaria a nossa empresa para um amigo?

Com as respostas obtidas, é possível classificar os clientes como detratores (notas 0 e 6), neutros (notas 7 e 8) ou promotores (notas  9 e 10). Para encontrar o percentual de NPS do seu empreendimento, basta aplicar o seguinte cálculo:

NPS = % de clientes promotores – % de clientes detratores

2. Taxa de evasão de funcionários

Outro importante indicador está ligado à área do RH. Também conhecido como turnover, seu objetivo é monitorar o percentual de desligamentos. Quando esse indicador é elevado, significa que a empresa está perdendo dinheiro e tempo, prejudicando sua marca.

O cálculo do turnover é bastante simples:

Turnover = número de funcionários desligados/número de funcionários ativos no mesmo período x 100

O percentual ideal de evasão de funcionários pode variar muito de acordo com cada segmento, mas é indicado que fique em torno de 5%. Caso o percentual esteja elevado, é importante que se crie uma estratégia para retenção dos talentos na empresa.

3. Custo de aquisição de clientes (CAC)

O objetivo do CAC é identificar o valor total investido em marketing e vendas para adquirir cada cliente da empresa. Veja como o cálculo é feito:

CAC = valor total investido em marketing e vendas/número de clientes adquiridos

É importante estabelecer metas para otimizar o CAC da empresa. Quando isso é feito, é possível construir um empreendimento mais sólido, lucrativo e bem-sucedido.

4. Retorno sobre o investimento (ROI)

O cálculo do ROI está ligado ao retorno financeiro obtido em cada investimento realizado — como a aquisição de novas máquinas ou sistemas. É bastante utilizado pela área financeira, mas nada impede que outros departamentos também o utilizem.

Para identificar o retorno de um investimento, é preciso aplicar a seguinte fórmula:

ROI = (retorno obtido – investimento realizado)/investimento realizado

Para ficar mais claro, imagine que investiu cerca de R$ 20 mil em um novo sistema. Depois, obteve um retorno financeiro de R$ 60 mil. Ao aplicar o cálculo, encontrará um retorno de duas vezes o valor investido (ou 200%, transformando-o para percentual).

Ao aplicar esses indicadores, conseguirá monitorar com eficiência os resultados alcançados.

Agora que está por dentro do assunto e conhece os principais indicadores de uma empresa, aproveite para multiplicar esse conhecimento. Compartilhe o nosso conteúdo em suas redes sociais e deixe que os seus amigos também fiquem por dentro do assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer Saber tudo Sobre o Mundo do BI? Cadastre-se abaixo e receba os melhores conteúdos sobre Business Intelligence.